O compromisso para toda a vida

Depois de um tempo de preparação, o novo irmão compromete-se na comunidade para toda a vida. Aqui estão as palavras ditas no dia do seu compromisso.

Irmão querido, o que pedes?

A misericórdia de Deus e a comunidade dos meus irmãos.

Que Deus realize em ti o que ele começou.

Irmão, tu que confias na misericórdia de Deus, lembra-te de que o Senhor Cristo vem ajudar a tua humilde fé. Comprometendo-se contigo, ele cumpre em ti a promessa: não há ninguém, na verdade, que, tendo deixado tudo por causa de Cristo e do Evangelho, não receba agora no tempo presente cem vezes mais irmãos, irmãs, mães e filhos, com perseguições e, no mundo vindouro, a vida eterna.

Este caminho é contrário a toda a razão humana mas, como Abraão, tu só podes avançar pela fé e não pelo que vês, tendo a certeza de que aquele que tiver dado a sua vida por causa de Cristo, a encontrará.

Segue doravante as pegadas de Cristo; não te preocupes com o dia de amanhã. Procura primeiro o Reino de Deus e a sua justiça. Abandona-te, entrega-te, e receberás uma boa medida, cheia, recalcada e transbordante.

Dormindo ou acordado, de noite ou de dia, a semente germina e cresce sem que saibas como.

Que a tua vida interior não te dê um ar triste. Perfuma a cabeça, lava o rosto, a fim de que só o teu Pai que está no secreto conheça a intenção do teu coração.

Mantém-te na simplicidade e na alegria, a alegria dos misericordiosos, a alegria do amor fraterno.

Sê vigilante. Se tens de chamar a atenção de um irmão, que seja a sós entre tu e ele. Procura a comunhão humana com o teu próximo.

Confia-te. Sabendo que um irmão foi encarregado de te escutar, compreende-o, para que ele desempenhe o seu ministério com alegria.

Na compaixão e no amor que tem por ti, Cristo Senhor escolheu-te para seres na Igreja um sinal do amor fraterno. Ele quer que tu realizes com os teus irmãos a parábola de comunidade.

Assim, renunciando daqui em diante a olhar para trás, alegre, com uma gratidão imensa, não tenhas medo de preceder a madrugada para louvar, bendizer e cantar Cristo, o teu Senhor

Recebe-me, Senhor Cristo, e viverei; e que eu me alegre na minha espera.

JPEG - 11.3 kb

Irmão, é a Cristo que que vais responder, ao chamamento que ele te dirige:

Queres, por amor a Cristo, consagrar-te a ele com todo o teu ser?

Quero.

Queres doravante realizar o chamamento de Deus na nossa comunidade, em comunhão com os teus irmãos?

Quero.

Queres viver com os teus irmãos em comunidade de bens materiais e espirituais, que significa uma grande abertura de coração?

Quero.

Queres, para ficares mais disponível para servir com os teus irmãos e para te entregares completamente ao amor de Cristo, permanecer no celibato?

Quero.

Queres, para que sejamos um só coração e uma só alma e para que a nossa unidade se realize plenamente, adoptar as opções de comunidade expressas pelo servidor de comunhão, lembrando-te de que ele é um pobre do Evangelho?

Quero.

Queres, vendo sempre Cristo nos teus irmãos, velar por eles nos dias bons e maus, no sofrimento e na alegria?

Quero.

Em consequência, por causa de Cristo e do Evangelho, és doravante irmão da nossa comunidade.

Que este anel seja o sinal da nossa fidelidade no Senhor.

«Renunciando daqui em diante a olhar para trás, alegre, com uma gratidão imensa, não tenhas medo de preceder a madrugada
para louvar
bendizer
e cantar
Cristo, o teu Senhor»

Compromiso para toda a vida

Printed from: http://www.taize.fr/pt_article522.html - 18 October 2019
Copyright © 2019 - Ateliers et Presses de Taizé, Taizé Community, 71250 France