TAIZÉ

Breve meditação do dia

 
     
28 de Janeiro
O controlo de nós mesmos por amor aos outros mantém-nos alerta. A paz do coração, para os outros e para nós mesmos, pode implicar este esforço: não nos deixarmos levar pelas emoções ou pelas impressões que a imaginação frequentemente amplifica.


Taizé - Pequena meditação quotidiana

Viver em tudo a paz do coração,
2008, Paulinas Editora, Portugal, Prior Velho.

Para a edição brasileira, clique aqui.