TAIZÉ

Oração do irmão Alois

Depois do ataque em Saint-Etienne-du-Rouvray

 

A caminho de Cracóvia, para as Jornadas Mundiais da Juventude, o irmão Alois soube do sequestro ocorrido em Saint-Etienne-du-Rouvray e do assassinato do Padre Jacques Hamel. Enviou então ao D. Dominique Lebrun, Arcebispo de Rouen, e ao Vigário-geral da Diocese uma pequena mensagem de amizade, para expressar consternação e comunhão e para partilhar com os responsáveis locais da Igreja Católica a oração dos irmãos de Taizé e dos jovens reunidos junto da Comunidade.


O irmão Alois escreveu também esta oração, que foi depois lida em Taizé, em Cracóvia, durante as orações animados pelos irmãos de Taizé, e em Saint-Malo, onde estão reunidos nestes dias os jovens protestantes franceses:

Deus de misericórdia, concede-nos compreender que, mesmo em desgraças e provações, estás muito próximo de nós. Quando a violência se desencadeia sentimo-nos perturbados e atingidos. Confiamos-te o sacerdote falecido em Saint-Etienne-du-Rouvray, a sua família e a Igreja local de Rouen neste momento de luto. Confrontados com o ódio, gostaríamos de resistir ao medo, de regressar sempre de novo à fonte da paz e de criar à nossa volta amizade e fraternidade.

Última actualização: 26 de Julho de 2016