TAIZÉ

Nova decoração na igreja: um trabalho gradual

 
Nas últimas semanas, temos estado a refazer a decoração da zona à volta do altar na igreja da Reconciliação. A parede atrás do altar, voltada para o leste, precisa de isolamento térmico e a ocasião dá-nos a oportunidade de repensar o projeto. Os tijolos com velas faziam parte da decoração há mais de quarenta anos e os tecidos cor de laranja há mais de vinte anos.

Agora, quadrados de pigmentos naturais (20 x 20cm) foram pintados em tela. As suas mais de trinta cores podem evocar a grande diversidade daqueles que se reúnem três vezes por dia para a oração – pode ver-se também toda a variedade da criação. As velas foram levantadas para serem mais visíveis na parte de trás da igreja.

Do ponto de vista das plantas, temos agora laranjeiras que podem sobreviver num ambiente pouco iluminado e também pipremnum aureum, uma planta de interior originária das Ilhas Salomão.

Se a decoração parece um pouco inacabada é porque se trata de um trabalho gradual. O isolamento térmico deverá ser feito entre a Páscoa e o Pentecostes e depois as paredes à volta do altar serão caiadas. No Verão, as coisas estarão um pouco mais ordenadas.

Última actualização: 26 de Março de 2018