TAIZÉ

Colômbia | Cultivo de culturas alimentares

 

Las Pavas é o nome de uma propriedade de cerca de 1.500 hectares, localizada no departamento de Bolívar, no norte da Colômbia, onde uma comunidade de cerca de 100 famílias camponesas tem vindo a cultivar alimentos desde os anos 90. Embora ainda não sejam proprietários da terra, foi-lhes concedido pelo Estado o direito de a cultivarem. No entanto, os grandes proprietários começaram a despejar os camponeses para plantar óleo de palma, alegando ter comprado a terra. Os camponeses resistiram a esta agressão, não utilizando quaisquer armas ou qualquer forma de violência física. Este não foi o caso dos empresários que tentaram afastar os camponeses através de pessoas contratadas que dispararam contra eles, queimando os seus ranchos, danificando as suas colheitas e quebrando as vedações que protegiam as suas parcelas.

Actualmente vários grupos que defendem os direitos dos mais pobres, incluindo o Programa de Paz e Desenvolvimento da Magdalena Medio, estão a ajudá-los através de um processo legal, para que possam conceder definitivamente estas terras aos camponeses que nelas vivem.

Eugenio Guzmán Martínez, um jovem de 24 anos, pertence a uma das famílias que vivem em Las Pavas. Há três anos, iniciou os seus estudos profissionais como «assistente social» e encontra-se actualmente no seu sétimo semestre. Ele foi capaz de levar a cabo este projecto, graças, em grande parte, ao apoio da Operação Esperança.