TAIZÉ

Ucrânia | Uma pequena fraternidade provisória para acolher refugiados

 
Em solidariedade com a Ucrânia, Taizé prepara-se para acolher refugiados que tiveram de deixar o seu país por causa da guerra, para além dos muitos refugiados de passagem já acolhidos por uma noite a caminho de Espanha ou de Portugal.

Em estreita colaboração com as autoridades civis, nasceu o projeto de acolher várias famílias de refugiados ucranianos numa casa em Taizé ou na aldeia vizinha de Ameugny. Os detalhes estão a ser finalizados.

Para acompanhar este acolhimento, alguns jovens poderão constituir uma pequena fraternidade provisória, convivendo com os refugiados que serão acolhidos em Taizé. Procuramos assim três ou quatro jovens, com idades compreendidas entre os 19 e os 30 anos, que estejam disponíveis para viver em Taizé até ao final de Maio para participar neste projecto. Ser capaz de se comunicar numa língua eslava seria certamente muito útil.

Se estiver interessado, ou para qualquer questão adicional, entre em contato conosco rapidamente através deste endereço explicando a sua motivação para participar no projeto.

Em vários aspectos, esta proposta difere do voluntariado em Taizé. Para aqueles que desejam ficar mais tempo em Taizé nos próximos meses, consulte esta página.

Última actualização: 21 de Março de 2022