Europa | Acolhimento de refugiados

Desde a sua criação, a comunidade de Taizé tem sido sempre atenta aos refugiados. Durante a Segunda Guerra Mundial, o irmão Roger acolheu discretamente pessoas em Taizé. Posteriormente foram acolhidas famílias, nomeadamente do Vietname, Laos, Bósnia e Ruanda. Nos últimos anos, a comunidade acolheu famílias do Iraque e da Síria, bem como grupos de jovens migrantes vindos de Calais.
Em 2016 permaneceram em Taizé jovens requerentes de asilo provenientes do Sudão, Sudão do Sul, Eritreia, Síria e Afeganistão. Este acolhimento tem sido possível graças à colaboração de muitos voluntários da região e de um apoio financeiro da Operação Esperança. A comunidade procura ajudar estes jovens a tornarem-se independentes depois de lhes ter sido concedido o estatuto de refugiado.

A Operação Esperança também apoia iniciativas de ajuda aos refugiados realizadas por associações que trabalham na região em torno de Taizé.

Printed from: https://www.taize.fr/pt_article30056.html - 25 July 2024
Copyright © 2024 - Ateliers et Presses de Taizé, Taizé Community, 71250 France